6 de outubro de 2013

Meu novo livro - "A História não contada de Pedro"


É com grande ânimo e entusiasmo que anuncio a conclusão de meu mais novo livro, “A História não contada de Pedro”, onde refuto o mito do primado de Pedro e da primazia do bispo romano através dos séculos, com centenas de provas e argumentos bíblicos, e mais de uma centena de testemunhos históricos dos Pais da Igreja, provando pelo testemunho bíblico e patrístico que nem Pedro tinha autoridade superior aos demais apóstolos, nem o bispo romano era reconhecido na Igreja como detendo um primado sobre todos os outros bispos locais. O livro é fruto de anos de estudo sobre o tema, já que eu reúno tudo o que eu já escrevi sobre o assunto ao longo de todos estes anos e acrescento muito material que eu não tinha escrito em nenhum artigo.


-Dados do livro impresso:

Número de páginas: 362 
Formato: A5 148x210 
Acabamento: Brochura c/ orelha 
Tipo de papel: Offset 90g
Preço: R$ 34,32


-Onde comprar o livro impresso:

O livro impresso só pode ser comprado online, e chegará a sua casa dentro de uma ou duas semanas (no máximo), para qualquer região do Brasil:



-Para ler completo em e-book:

Como costumo fazer com todos os meus livros, também estarei disponibilizando o livro completo em formato digital para download gratuito nestes dois links:



Se alguém não conseguir fazer o download do livro, basta enviar um e-mail para mim (lucas_banzoli@yahoo.com.br) que eu envio por anexo.


-Conteúdo do livro:

Prefácio
O Pedro de Roma e o Pedro da Galileia
Quem é Pedro?
Seria Pedro um presbítero superior aos demais presbíteros?
Pedro era a cabeça dos apóstolos?
Qual discípulo era o maior?
Quem liderou o Concílio de Jerusalém?
Paulo contra Pedro em Antioquia
O papa é o Sumo Pontífice?
Nenhum enviado é maior do que aquele que o enviou
Paulo reconhecia Pedro como o Sumo Pontífice?
Mateus 16:18
Agostinho e a pedra de Mateus 16:18
Outros Pais da Igreja sobre Mateus 16:18
Refutações
205 Provas contra o primado de Pedro
A Missão Secreta de Pedro
De que “Babilônia” Pedro escrevia?
Pedro nunca foi bispo de Roma
Cronologia histórica da vida de Pedro
A primazia do bispo romano através dos séculos
O título de blasfêmia do precursor do anticristo
Considerações Finais

Na parte de "refutações" eu também refuto todos os argumentos católicos conhecidos, que são usados com frequencia para "provar" o suposto primado de Pedro na Bíblia, e o livro todo contém um material bem aprofundado para refutar qualquer católico em qualquer debate e para destruir todas as pretensões do papado, seja com base em alguma supremacia de Pedro, seja com base no mito de ele ter sido bispo de Roma, seja por testemunhos históricos e patrísticos, seja sobre a "autoridade" dos bispos romanos que dirigiram a Igreja de Roma nos séculos posteriores. É uma obra imperdível para qualquer um que goste do tema.

A Deus seja toda a glória.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)


-Meus livros:

-Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)

10 comentários:

  1. Abaixei o livro e vou lê-lo... Muito interessante o tema abordado... Parabéns...

    ResponderExcluir
  2. Lucas, parabéns! Já baixei o livro e iniciei a leitura com grande alegria.

    Jesus abençoe a sua vida, meu irmão.

    Eu sempre acreditei que Deus faria de você um dos maiores apologistas evangélicos.

    Shalom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Honrado, eu que fico honrado pelo seu comentário, ainda estou muito longe de ser isso que você disse. Que Deus lhe abençoe e um forte abraço!

      Excluir
  3. Bah Lucas meu sincero Obrigado pelo seu agradecimento em seu livro.
    Fico lisonjeado por saber que meus comentários lhe foram úteis!
    Que Deus o abençoe grandiosamente e que lhe dê muitos dons, para que você possa levar a Palavra e a Verdade a quem precisa saber.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que lhe agradeço, Rafael, que o Senhor continue lhe abençoando! :)

      Excluir
  4. Então o que dizer destes testemunhos?

    "O Pontífice [o Papa] não é o único a se unir aos orantes. Os anjos e as almas dos juntos também se unem a eles na oração." - Orígenes (185-254 d.C. - Da Oração)

    "Roma disse, causa encerrada "- Sto Agostinho.

    “Como por uma virgem desobediente foi o homem ferido, caiu e morreu, assim também por meio de uma virgem obediente à palavra de Deus, o homem recobrou a vida. Era justo e necessário que Adão fosse restaurado em Cristo, e que Eva fosse restaurada em Maria, a fim de que uma virgem feita advogada de uma virgem, apagasse e abolisse por sua obediência virginal a desobediência de uma virgem.” (Santo Irineu 130-203 Contra Heresias L. 5, 19.1)
    “…corpo de Maria toda santa, sempre virgem, por uma concepção imaculada, sem conversão, e se fez homem na natureza, mas em separado
    da maldade: o mesmo era Deus perfeito, e o mesmo era o homem perfeito, o mesmo foi na natureza em Deus, uma vez perfeito e homem.” (Santo Hipólito 170-236 As obras e Fragmento VII)

    "Onde aparece o bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que onde está Jesus Cristo, aí está a Igreja católica" ( Santo Inácio de Antioquia )

    "Quem abandona a sede de Pedro, sobre a qual está fundada a Igreja, como pode afirmar que está na verdadeira Igreja?" "Não pode ter Deus por Pai quem não tem a Igreja por mãe" ( São Cipriano) 251 d.C

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos estes textos que supostamente tratam do primado romano - exceto os que falam de Maria, algo que não tem nada a ver com primazia papal - já foram exaustivamente explicados no livro.

      Excluir
  5. Olá Lucas.Conheci a pouco tempo seu blog e li vários artigos seus,com os quais aprendi muito.Queria saber se vc saberia me dizer o q aconteceu com Enoque e Elias tendo em vista a doutrina da imortalidade da alma.Será que eles está vivos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu respondi isso no seu outro comentário igual a esse publicado em outro artigo, então segue abaixo a mesma resposta:

      Essa questão de Elias e Enoque não tem nada a ver com a imortalidade da alma, tanto é que mortalistas como testemunhas de Jeová e adventistas tem opiniões diferentes sobre o que aconteceu com eles, os primeiros creem que eles foram arrebatados para outro lugar da terra e depois morreram após algum tempo, ao passo em que os outros afirmam que eles foram arrebatados corporalmente ao Céu e lá estão hoje (que é a posição que eu pessoalmente defendo). Sobre Enoque, escrevi em defesa da minha visão neste artigo:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com.br/2015/09/enoque-morreu.html

      Mas isso não tem a ver com imortalidade ou mortalidade da alma, porque o que os mortalistas afirmam é que não existe uma alma no sentido de "fantasminha" que sai do corpo depois da morte para ir a algum lugar, e não foi isso que aconteceu com Elias e Enoque, eles não tiveram uma alma saindo do corpo e voando pro Céu, eles foram arrebatados CORPORALMENTE (ou seja, fisicamente) da mesma forma que os crentes serão no dia da volta de Jesus.

      Por isso esse é um debate muito interessante, mas que não diz respeito à imortalidade ou mortalidade da alma, é de um âmbito diferente. A tese mortalista, repito, não defende que ninguém pode estar no Céu, mas sim que ninguém pode estar no Céu FORA DO CORPO, porque a natureza humana é holista e não dualista (dividida entre corpo mortal e alma imortal). Se Deus quisesse arrebatar todo mundo fisicamente e trazer para o Céu, ou se tiver feito isso com um monte de gente no passado (o que não pode ser provado), eu não teria como usar o mortalismo contra isso. O mortalismo apenas nega a existência de uma alma imortal que sobreviva fora do corpo, algo que não ocorreu nem com Elias, nem com Enoque, nem com pessoa alguma, porque não existe.

      Abs!

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.