Qual dessas é a "única Igreja de Cristo"?


Uma coincidência muito interessante presente nos “apologistas” católicos provém do fato de que todos eles amam apaixonadamente passar listas enormes de denominações evangélicas, para, assim, tentarem “provar” que os evangélicos são “divididos” (ainda que a grande maioria das denominações citadas concordem doutrinariamente com praticamente todos os pontos de fé que as outras creem).  

Para eles, o simples fato de haver muitas denominações significa que há muitas divisões, como se todas as denominações evangélicas pensassem diferente uma das outras. Não vou corrigir aqui este equívoco primário e infantil, pois já o fiz em meu Diálogo sobre a divisão protestante, em meu outro site, provando que as igrejas legitimamente evangélicas concordam entre si em todos os 40 pontos mais importantes e fundamentais da fé cristã, além de muitos outros.  

O que eu irei fazer aqui é trabalhar com o mesmo “argumento” usado pelos católicos: se uma lista enorme de igrejas evangélicas significa que elas são mutuamente excludentes e que só uma delas pode estar com a razão e todas as outras vão queimar no fogo do inferno, então eu quero que os católicos apontem para mim qual destas que é a “única Igreja de Cristo”: 

-Católica Apostólica Brasileira
-Católica Apostólica Carismática
-Católica Apostólica Cristã
-Católica Apostólica Ortodoxa
-Católica Armênia
-Católica Bizantino
-Católica Brasileira
-Católica Carismática do Brasil
-Católica do Brasil
-Católica Maronita
-Católica Melquita
-Católica Não Apostólica
-Católica Novo Mandamento
-Católica Ortodóxica Armênica
-Católica Ortodóxica Grega
-Católica Ortodóxica Russa
-Católica Pentecostal
-Católica Renovação Carismática
-Católica Renovada
-Católica Síria
-Católica Tradicionalista
-Católica Ucraniana
-Católico Congregação Mariano
-Católico Congregado Mariano
-Católico Conservador
-Católica Latina
-Católica da Tradição Litúrgica Alexandrina
-Igreja Católica Copta (1741)
-Igreja Católica Etíope (1846)
-Tradição Litúrgica de Antioquia
-Igreja Maronita (união oficial reafirmado em 1182)
-Rito litúrgico siríaco
-Igreja Católica Siro-Malancar (1930)
-Igreja Católica Siríaca (1781)
-Igreja Católica Arménia (1742)
-Igreja Católica Caldeia (1692)
-Igreja Católica Siro-Malabar (1599)
-Igreja Greco-Católica Melquita (1726)
-Igreja Católica Bizantina Grega (1829)
-Igreja Greco-Católica Ucraniana (1595)
-Igreja Católica Bizantina Rutena (1646)
-Igreja Católica Bizantina Eslovaca (1646)
-Igreja Católica Búlgara (1861)
-Igreja Greco-Católica Croata (1611)
-Igreja Greco-Católica Macedónica (1918)
-Igreja Católica Bizantina Húngara (1646)
-Igreja Greco-Católica Romena unida com Roma (1697)
-Igreja Católica Ítalo-Albanesa
-Igreja Católica Bizantina Russa (1905)
-Igreja Católica Bizantina Albanesa (1628)
-Igreja Católica Bizantina Bielorrussa (1596)
-Igreja Católica Apostólica Carismática
-Igreja Católica Apostólica Cristã
-Igreja Católica Apostólica de Jerusalém
-Igreja Católica Apostólica Ecumênica Contemporânea
-Igreja Católica Apostólica Livre do Brasil
-Igreja Católica Apostólica Missionária de Evangelização
-Igreja Católica Apostólica Nacional
-Igreja Católica Apostólica Nordestina
-Igreja Católica Apostólica Tributária
-Igreja Católica da Primeira Ordem
-Igreja Católica Ecumênica Renovada
-Igreja Católica Ecumênica
-Igreja Católica Liberal (ICL)
-Igreja dos Velhos Católicos
-Igreja Episcopal Latina do Brasil
-Santa Igreja Velha Católica
-Igreja Católica Ecumênica do Brasil
-Igreja Católica Apostólica Ortodoxa - Patriarcado do Brasil
-Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Americana
-Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Ocidental
-Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Unida - Eparquia Mundial
-Igreja Ortodoxa Católica Apostólica Militante
-Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Militante
-Igreja Católica Apostólica Ortodoxa do Brasil
-Igreja Católica Ortodoxa Grega do Antigo Calendário
-Igreja Católica Ortodoxa Siriana do Brasil
-Igreja Católica Independente
-Rede Nacional de Missões Católica 

Puxa vida, agora eu estou com dúvida. Imagine uma pessoa que estava quase se tornando católica, pensando que só uma igreja é de Cristo e o resto é tudo do diabo, e que se errar de igreja já está lascado... para qual dessas igrejas católicas que ele deveria ir, que é a “única Igreja de Cristo”???  

Lembre-se que praticamente todas elas se dizem ser católicas, estão em “comunhão com o papa”, dizem seguir o catecismo católico e até fazem o sinal da cruz e rezam o terço. Mas como identificar a verdadeira igreja, já que não pode haver mais de uma igreja física (visível), como pregam os católicos? 

Depois que pensarem bastante, já podem me responder qual dessas aí que é a tal legítima “Igreja Católica” que é a “única Igreja de Cristo”. Só não se esqueçam que, usando a própria lógica católica, ao marcar uma dessas opções acima você estará enviando todos os demais católicos do mundo, que fazem parte de qualquer outra dessas inúmeras igrejas católicas, direto para o inferno. 

Paz a todos vocês que estão em Cristo. 

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)


-Meus livros:

-Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Desvendando a Lenda (Refutando a Imortalidade da Alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)

Comentários

  1. Ah pelo o amor de Deus né. Por mais que existam sim Igrejas que se dizem católicas, a absoluta é a Romana! Isso é fato! Basta analisar o número de católicos: a estúpida maioria é católica romana, daí uma estúpida minoria se divide entre todas essas aí. Perceba o quanto a Igreja Católica é santa: mesmo apesar de tudo, mesmo apesar de todos esses grupos heréticos que se dividem (e isso é anti-bíblico por isso nós implicamos tanto com a divisão de vocês: em algum momento a bíblia fala que haveriam divisões? Não! Ela fala em unidade, apenas) mesmo que tenha existido o Cisma ou a Reforma Protestante, a fé católica genuína (ou seja, romana) permaneceu INTACTA!

    ApologetaCatólico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer dizer que a Igreja Católica Romana é a única igreja que prega a verdade cristã porque é a que tem mais adeptos? E o que acontecerá no dia em que o Brasil ter maioria evangélica? E se o mesmo ocorrer em outras partes do mundo e também passar a ter mais evangélicos do que católicos? Aí seria a Igreja Romana uma "estúpida minoria" que não teria a "verdade absoluta"?

      E o que dizer de Israel, que durante um bom tempo teve apenas uma pequena MINORIA INSIGNIFICANTE de pessoas que guardavam a verdadeira fé em Deus, apenas sete mil dentre todos os israelitas (1Rs.19:18)? Acho que eles não eram de verdade os únicos fieis dentre tão grande multidão de pessoas, pois segundo você a verdade se encontra onde está a maioria, e não pode habitar onde há um número de pessoas que seja "estupidamente minoria".

      E o que dizer dos católicos ROMANOS da renovação carismática que tem aprovação do papa e que mesmo assim possuem um forte sincretismo religioso com as igrejas protestantes neo-pentecostais e possuem divergências em relação à ala tradicional da Igreja Romana? É a divisão dentro da divisão? E onde fica a "unidade" católica?

      E por que é sempre OS OUTROS quem estão se separando? Por acaso ainda não sabe que para os ortodoxos, por exemplo, quem se separou foi a Igreja ROMANA, e não eles, os ortodoxos? Como você pode provar a um ortodoxo que o cismático é ele, e não você?

      E de onde foi que você tirou que a Bíblia não tolera nenhum tipo de divisão em nenhuma escala? Será que nunca viu o apóstolo Paulo dizer:

      "Pois antes de tudo, quando vos congregais na igreja, ouço dizer que existem divisões entre vós; E EM PARTE EU O CREIO. Pois É NECESSÁRIO QUE HAJA FACÇÕES ENTRE VÓS, para que os aprovados entre vós se tornem manifestos" (1 Coríntios 11:18-19)

      É, "apologista" católico, quem tem que dizer "pelo amor de Deus" sou eu, né?

      Excluir
    2. "Quer dizer que a Igreja Católica Romana é a única igreja que prega a verdade cristã porque é a que tem mais adeptos?"
      Não só por ter mais adeptos, mas a que tem mais influência na cultura ocidental em si. Se não fosse por ela, seríamos todos muçulmanos! Agradeça às Cruzadas, meu amigo por ter preservado a civilização ocidental. Leia o livro "Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental" do autor Thomas Woods Jr. Estude a história da Idade Média (Idade da Luz, segundo o historiador católico Orlando Fedelli) antes de tratar o catolicismo como só mais uma religião supostamente herege, e tornar os protestantes como donos da verdade absoluta mesmo que existam milhares e milhares de divisões entre vocês (ás vezes eu penso: os protestantes acreditam que o mundo esteve sob trevas na Idade Média e eles apareceram e "salvaram" o cristianismo, mas acontece que "as portas do inferno não iriam prevalecer contra a igreja" logo, pra vocês, a bíblia está errada??

      "E o que acontecerá no dia em que o Brasil ter maioria evangélica? E se o mesmo ocorrer em outras partes do mundo e também passar a ter mais evangélicos do que católicos? Aí seria a Igreja Romana uma 'estúpida minoria' que não teria a 'verdade absoluta'?"
      Primeiro que eu não me referi nós, romanos, como maioria no âmbito geral, mas sim entre todas essas igrejas pseudo-católicas que você citou no artigo. Mas por falar nisso vejamos a situação por outro lado: EUA, Alemanha, Inglaterra, Suíça, Holanda, Países Escandinavos, etc. são todos países cujos os valores foram formados ao longo da história por protestantes. "Coincidentemente" os europeus que eu citei são onde existem mais ateus e o número de cristãos só diminui a cada ano! Nos EUA o número de protestantes só diminuiu em contraponto com o número de católicos que só aumenta. A França por exemplo, genuinamente católica, foi a que teve o número de fieis católicos que menor diminuiu nos últimos cem anos, em contraponto com os outros europeus que eu citei. Mas claro né, vocês quem são os donos da verdade (das 33 mil verdades, por sinal).

      "E por que é sempre OS OUTROS quem estão se separando? Por acaso ainda não sabe que para os ortodoxos, por exemplo, quem se separou foi a Igreja ROMANA, e não eles, os ortodoxos? Como você pode provar a um ortodoxo que o cismático é ele, e não você?"
      Simples, onde estava o papa? No oeste ou no leste? Em Roma ou em Atenas? A primazia de Pedro foi sobre Roma, e você sabe disso. Assim, fica evidente que quem se afastou do papado foram os ortodoxos gregos! Fazendo um paralelo com a história, perceba que não só os protestantes (sendo hereges) que estão sujeitos a ameaça do ateísmo dominante(como acontece nos países que eu citei anteriormente): onde a igreja ortodoxa é predominante, foi onde exatamente o Comunismo se consolidou com Stalin e companhia propagando a perseguição aos cristãos, e antes que você fale sobre a falácia da relação entre o Vaticano e o Fascismo de Mussolini, perceba que este não tinha qualquer poder sobre o próprio Vaticano, e foi a Igreja Católica quem salvou centenas de milhares de judeus do Nazismo (este também que aconteceu em um país predominantemente católico? Não! Protestante!)

      "Pois antes de tudo, quando vos congregais na igreja, ouço dizer que existem divisões entre vós; E EM PARTE EU O CREIO. Pois É NECESSÁRIO QUE HAJA FACÇÕES ENTRE VÓS, para que os aprovados entre vós se tornem manifestos" (1 Coríntios 11:18-19)"
      Texto fora do contexto vira pretexto! Paulo se refere ao momento em que eles viviam na igreja primitiva, mas o tempo permitiria que todas essas igrejas se consolidassem só em UNA, a Igreja Católica (Universal). Se fosse por isso a bíblia entraria em contradição, já que aceitaria as divisões e ao mesmo tempo decretaria uma sagrada unidade.

      ApologetaCatólico

      Obs: Apologeta é sinônimo de Apologista. Mas é claro que com todo o seu conhecimento você sabia disso, certo?

      Excluir
    3. Não costumo debater com trolls mas vou abrir uma exceção.

      Primeiro, que ter mais adeptos ou mais mais influência cultural na sociedade ocidental não vale BULHUFAS para indicar qual é a Igreja correta e verdadeira. O Islamismo possui mais adeptos que o Catolicismo e nem por isso você é islâmico. As religiões orientais predominam massivamente nessas regiões, como o hinduísmo, o budismo e o próprio islamismo. O mundo não se limita ao Ocidente. Esse argumento é patético, para dizer pouco. E sobre "as portas do inferno não prevalecerem contra a Igreja", foi exatamente contra trolls repetidores de mantras papais decorados como em uma ladainha que eu fiz esse artigo:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2013/05/as-portas-do-inferno-nao-prevalecerao.html

      Sobre o segundo ponto, que os evangélicos crescem no mundo isso é óbvio. Há quinhentos anos praticamente só existiam católicos no Ocidente e se permanecesse assim não estaríamos debatendo neste momento, estaríamos todos dobrados diante de um pedaço de pau e de pedra que alguns chamam de "santo" ou adorando um pedaço de pão que alguns chamam de "hóstia", sub-escravos de um ser infalível que alguns chamam de "papa". Graças a Deus pela Reforma e graças a Ele que hoje centenas de milhões de pessoas em todo o mundo adotam o protestantismo.

      Quanto ao número de católicos no mundo, você só pode estar de brincadeira, deveria saber que pelo menos 90% deste total são de católicos NÃO-PRATICANTES, ou seja, CATÓLICOS DE IBGE, vai ver quantos destes católicos vão todos os domingos à Igreja, vai ver quantos deles levam a religião deles a sério. O número de PRATICANTES evangélicos já é disparadamente maior que o de PRATICANTES católicos, o número de templos evangélicos já é muito maior que o número de templos católicos, o número de pastores evangélicos já é muito maior que o de padres católicos, o único fator em que o catolicismo ainda possui vantagem é naqueles que vivem uma vida mundana, sem Deus, sem Igreja, e que se dizem "católicos" porque nasceram em lar católico. Essa é a dura e triste realidade. Lembro-me até hoje de um amigo meu que se dizia "católico" porque foi batizado na Igreja Católica, mas só ia à ICAR uma vez por ano quando tinha casamento, e nem sequer cria na existência de Deus.

      Isso sem falar, é claro, que estes são os dados de pessoas BATIZADAS na Igreja Católica, não o número de fieis estritamente falando. Ocorre que a ICAR batiza bebês, muitos dos quais mudam radicalmente de posição religiosa quando crescem, mas continuam registrados entre os batizados porque assim foram quando eram crianças. E isso também sem falar que a única coisa que "salvou" o catolicismo do completo declínio e extermínio foi a Renovação Carismática, que é um PLÁGIO DO NENTECOSTALISMO PROTESTANTE, e que é condenada pelos próprios católicos tradicionais! É pouco ou quer mais?

      Excluir
    4. Sobre o seu terceiro argumento ridículo, deveria saber que todos os bispos eram carinhosamente chamados de "PAPA" nos primeiros séculos, e não apenas o bispo de Roma. Basta ler a "História Eclesiástica" de Eusébio de Cesareia para perceber isso facilmente:

      "Logo, depois de dizer algumas coisas sobre todas as heresias, acrescenta: 'Eu recebi esta regra e este modelo de nosso bem-aventurado PAPA HERACLAS'" (HE, Livro 7, 7:4)

      Se você estudar um pouco saberá que esse tal de "papa Heraclas" nunca foi romano, ele era de Alexandria. Basta estudar um pouco mais também para saber que a própria tradição afirma que Pedro foi BISPO DE ANTIOQUIA antes de ir para Roma no final da sua vida. Não existem fontes confiáveis que afirmem que Pedro tenha sido bispo de Roma; ao contrário, eu provo neste artigo que historicamente PEDRO NUNCA FOI BISPO DE ROMA:

      http://lucasbanzoli.no.comunidades.net/index.php?pagina=1079313568

      Pra terminar, é engraçado a sua "interpretação" de 1Co.11:18-19, quer dizer então que naquela época a Igreja poderia ser dividida mas hoje não pode mais? De que raios você tirou tal ideia?

      E outra, Paulo estava dizendo que em parte ELE O CRIA, não porque "era um momento que eles viviam", mas PARA QUE OS APROVADOS FOSSEM MANIFESTOS. Ou seja, a explicação que o apóstolo dá para isso não tem absolutamente nada a ver com a sua interpretação caquética.

      Da próxima vez sugiro que volte aqui com argumentos e não com trollagens e palhaçadas.

      Fique com Deus, "apologeta" (ou "apologista", que seja!) católico.

      Excluir
    5. História da igreja Rússia ortodoxa, não é diferente da maioria dos segmentos religiosos, pois não importa quem esteja na liderança, todas de uma forma ou outra estão sobre o atento olhar de Deus. http://adventmedidas.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. A Única Igreja de Cristo é a que lhe obedece e não a homens como o ídolos do diabo como Roma!!! Jesus é o Único Cabeça da Sua Igreja. Ninguém mais Atos 4. 12.

    ResponderExcluir
  3. Avisarei todos que nenhumas denominações, não importando seus tipos, salvam ninguém, pois não é preciso ser católico, protestante e assim sucessivamente para ser cristão. Nenhum cristão bíblico foi denominacional, religioso ou sectário. Jesus Cristo não fundou nenhuma denominação, nem nenhuma religião e nem nenhuma seita. Por isso, peço-lhes que escutem no Youtube uma música em dó maior de 1992 chamada "RÓTULO NÃO SALVA", do cantor evangélico Mattos Nascimento.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente abaixo. Sua participação é importante e será publicada após passar pela moderação. Todos os tipos de comentários ou perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente, mas ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links), control c + control v e manifestações de fanatismo não serão aceitos.