Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Qual a importância da teologia e da apologética na vivência cristã?

Imagem
Há algumas semanas um leitor do blog me inquiriu sobre algo interessante: qual a importância da teologia? Teologia é o estudo de Deus. Mas sabemos que ninguém é salvo por ter muito estudo. A salvação é pela graça, mediante a fé, não pelo conhecimento. Quem pregava a salvação mediante o conhecimento eram os antigos gnósticos. Jesus chegou até a dizer que Deus “escondeu estas coisas dos sábios e cultos, e as revelou aos pequeninos” (Mt.11:25). E na única vez em que a Bíblia usa o termo “religião verdadeira”, não é para apontar a uma certa instituição religiosa ou a um conjunto de doutrinas, mas à vivência prática da fé:

O brasileiro e a síndrome da incultura

Imagem
(O fracasso resumido em uma imagem)
Há tempos atrás, Andrei Bedene (do “Canal Você Não Sabia”), meu amigo e colega de classe nos tempos de UFPR, postou um excelente vídeo sobre "A Idiotização do Youtube brasileiro". Se você ainda não assistiu a este vídeo, recomendo fortemente que o assista antes de continuar lendo este artigo. Em suma, o vídeo fala sobre casos recentes e conhecidos de youtubers que ficaram famosos por fazerem tudo aquilo que, em um país sério, seria suicídio.
Casos como o de Aruan Felix, o menino que quebrou a placa comemorativa que o Youtube enviou pelos seus 100 mil inscritos, e que por causa disso fez tanto sucesso e ficou tão famoso que subiu rapidamente para incríveis 2 milhões e 849 mil inscritos (número que tem hoje, em 23/08/2016, e só cresce cada vez mais). Ou seja, toda a fórmula para o sucesso repentino e bombástico de Aruan veio por ter... quebrado uma placa. Apenas para chamar a atenção. E conseguiu. Depois de fazer isso, ele aumentou em 28 vez…

Como se desmascara um mentiroso psicopata (Cris Macabeus)

Imagem
(Parece o Macabeus, mas é apenas o diabo)
Faz tempo que eu não respondo a sites insignificantes e decadentes, ainda mais quando são administrados por psicopatas com sérios sintomas de demência e que escrevem sob o efeito de drogas pesadas. Sim, é óbvio que se trata do sujeitinho com sobrenome de livro apócrifo, o mais perturbado, desequilibrado e esquizofrênico de toda a internet. O mesmo que, nos tempos de debate no Orkut, chamava as debatedoras evangélicas de “prostitutas” e “vagabundas”, e que em tempos mais recentes escreve coisas como essas:


(Clique na imagem para ampliar)
O troço era milhões de vezes pior no Twitter, onde mandava os evangélicos tomarem em tudo quanto é lugar. A coisa era tão vergonhosa que o próprio cretino deletou sua conta.
A decadência e ostracismo do sujeito são tamanhos que faz mais de dois anos que nenhum leitor meu nunca mais mencionou seu nome e nem artigo nenhum de seu site. Aliás, meu blog tem em uma semana mais comentários do que o blog deste sujeito e …