29 de março de 2016

O que Paulo pregava quando Êutico morreu?


Atos 20:7-9 nos conta a história de um jovem que morreu enquanto Paulo estava pregando. O texto em questão diz:

“E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a prática até à meia-noite. E havia muitas luzes no cenáculo onde estavam juntos. E, estando um certo jovem, por nome Êutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto” (Atos 20:7-9)

O que geralmente é pregado em cima deste relato é que Paulo posteriormente o ressuscitou. Um dos meus professores do mestrado, no entanto, fez uma pergunta incisiva para a turma: “Vocês lembram o que Paulo pregava quando Êutico morreu?”. A maioria dos alunos tentou voltar ao texto bíblico para ver se tinha ali algum registro, e outros (como eu) ficaram simplesmente esperando o circo pegar fogo. Por fim, ninguém “lembrou” o que Paulo tinha pregado naquela ocasião. E o professor arrematou:

– Vocês não lembram porque não escreveram sobre isso. Se tivessem escrito, alguém lembraria.

Este é o ponto em questão. Embora o professor tivesse usado essa ilustração para mostrar o quanto é importante que um pregador escreva livros em vez de apenas ensinar oralmente, isso tem tudo a ver com a questão da Sola Scriptura vs Tradição Oral. Hoje em dia, um pregador que ensina oralmente ainda pode ter seu ensino registrado e guardado para a posteridade por meio de gravações em áudio ou em vídeo, mesmo que ninguém escreva nada. Mas aqui não estamos falando do século XXI, mas do século I. No século primeiro, só havia a escrita como meio de preservação do que foi ensinado.

O que foi escrito se preservou, e o que não foi nós simplesmente não sabemos – da mesma forma que ninguém se “lembra” do que Paulo pregou nas ocasiões em que seu ensino não foi registrado por escrito. Quando os apologistas católicos vociferam que “Jesus disse muitas coisas que não foram escritas” e que “os apóstolos também pregaram de boca em boca”, eu concordo. É assim mesmo. O que discordamos completamente é que essas coisas que não foram escritas foram preservadas incorruptivelmente ao longo de vinte séculos sem passar por nenhum acréscimo ou modificação.

Para citar alguns exemplos:

• Entre essas “muitas coisas que não foram escritas”, mas que foram pregadas apenas oralmente, os espíritas deduzem que está a reencarnação.

• Os mórmons deduzem que está a ida de Jesus à América.

• Os muçulmanos deduzem que estão profecias sobre Maomé.

• Os católicos ortodoxos deduzem que está o ensino de que alguém condenado ao inferno ainda pode ser salvo depois da morte.

• Os católicos romanos deduzem que está o purgatório, o limbo, a imaculada conceição de Maria, sua assunção ao céu de corpo e alma, as rezas repetidas à exaustão, a oração pelos mortos, o culto às imagens, a infalibilidade e supremacia papal, etc. Muitas dessas coisas que nem os orientais ortodoxos dizem que existem – embora aleguem guardar a mesma “tradição apostólica”.

Inevitavelmente, o que todo charlatão irá querer provar pra você é que o que ele diz não foi escrito, mas foi pregado assim mesmo. Está ali, nas entrelinhas, subliminarmente, oculto, encoberto, escondido, mas está ali sim. Foi pregado, com certeza. E você só precisa ter a mesma imaginação fértil para acreditar que foi mesmo. Basta ser ingênuo e adestrado o suficiente e ter passado por toda a doutrinação e lavagem cerebral conhecida como catequismo. É assim que se convence os tolos de que inumeráveis doutrinas jamais pregadas pelos apóstolos foram ditas por eles – mesmo sem prova, sem documentação, sem registro, sem nada. Apenas uma fé cega e desnorteada.

Sempre que um católico romano quiser fazer com que você engula a lenda da tradição oral, peça a ele quatro coisas:

Quem disse.
Quando disse.
Para quem disse.
O que disse.

E é claro:

Quais as provas cabais de que disseram isso mesmo.

Com as Escrituras isso é muito fácil. Se um protestante quiser usar um versículo da primeira carta de Paulo a Timóteo, por exemplo, ele sabe:

Quem disse: Paulo.
Quando disse: cerca de 64 d.C.
Para quem disse: Timóteo.
O que disse: tudo o que está registrado na carta.

E também:

Quais as provas cabais de que disseram isso mesmo: mais de cinco mil manuscritos gregos antigos e bem preservados.

Agora faça o mesmo teste com a “tradição oral” dos católicos, por exemplo, no que se refere ao culto aos defuntos:

Quem disse: Ninguém sabe.
Quando disse: Não se tem ideia.
Para quem disse: Algum anônimo desconhecido.
O que disse: Alguma coisa incerta.
Quais as provas cabais de que disseram isso mesmo: Nada.

A tradição oral católica é uma tradição-fantasma, sem fundamento, sem embasamento, sem teor científico, apenas baseada no achismo e na sem-vergonhice de apologistas embusteiros e picaretas a serviço de uma Igreja Assassina. É como eu já disse aqui outras vezes:

Eu estou escrevendo uma tese de dissertação no mestrado chamada “A Bíblia e a Escravidão”. O propósito é estudar a temática da escravidão à luz da Bíblia e também à luz da história secular. Quais as fontes que eu poderia usar para o meu trabalho? Obviamente, fontes escritas. Eu posso usar a própria Bíblia, o Códice de Hamurabi e outros registros dos outros povos, assim como eu posso estudar os escritos de pessoas como Abraham Lincoln, John Wesley e William Wilberforce, que foram fundamentais para o fim da escravidão no mundo. Todas fontes escritas, obviamente. No entanto, imagine qual seria a minha nota na dissertação se eu dissesse alguma informação sem prová-la, e como pretexto alegasse que “isso chegou aos meus ouvidos”. Imagine qual seria a cara do meu orientador se eu escrevesse alguma groselha sem nenhum fundamento histórico e me justificasse sob o argumento de que “nem tudo o que aconteceu na história da escravidão foi escrito”. Imagine a vergonha que eu passaria se deixasse de lado o que foi escrito para ficar com aquilo que supostamente foi dito oralmente, mas que eu não tenho a menor condição de provar que foi mesmo. Sem dúvidas, a minha nota seria zero e eu seria expulso da faculdade, pois meu registro não teria nenhuma credibilidade.

Essa é a diferença entre a pesquisa séria, extraída de documentos escritos e de fontes primárias (no caso das doutrinas bíblicas, a Sagrada Escritura) e a fantasia do mágico que tira quantos e quais coelhos quiser da sua cartola, especificamente qualquer coisa que quiser inventar sob o nome de “tradição apostólica”.

Antes de concluir este artigo, gostaria de recomendar o hangout mais recente que trata sobre Papado, Sucessão Apostólica e Sola Scriptura, que será ainda complementado com um próximo que será realizado nas próximas semanas. O hangout conta com a participação minha e do Bruno Lima, do excelente blog Respostas Cristãs, que eu nunca canso de recomendar e que é de leitura obrigatória para qualquer um que quiser se aprofundar mais sobre as doutrinas protestantes:


Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,


-Meus livros:

- Veja uma lista de livros meus clicando aqui.

- Confira minha página no facebook clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros blogs:

LucasBanzoli.Com (Um compêndio de todos os artigos já escritos por mim)
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Artigos devocionais e estudos bíblicos)
Desvendando a Lenda (Refutando a imortalidade da alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)
Fim da Fraude (Refutando as mentiras dos apologistas católicos)

89 comentários:

  1. Muito bom artigo, lembro-me de um vez fazer esta pergunta a um católico : a tradição oral está em um papel ou em um cd? Ironia minha, e ele respondeu em papel, como pois é oral? Se os papas recebem de formal documental? Até agora espero a resposta

    ResponderExcluir
  2. Por favor aprove meu comentário aqui

    http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/06/os-concilios-da-igreja-primitiva.html

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo artigo Lucas, rápido, objetivo e sem perder o brilhantismo que lhe é peculiar.Parabéns!
    Paz...

    ResponderExcluir
  4. O que acha da Cientologia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque é uma seita não-cristã repleta de achismos sobre as "vidas passadas" e um monte de doutrinas estranhas e antibíblicas.

      Excluir
  5. Paz e graça, irmão!
    Assim os católicos desonestos piram!Ótimo artigo, agregou conhecimento. Deus te abençoe!
    Henrique Souza

    ResponderExcluir
  6. Li um artigo de um apologista católico que dizia que a Sola scriptura era do Diabo , porque o Diabo citou este verso( 6 E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces em alguma pedra.), mais eu lhe argumentei: como fica as citações de João Batista confirmando o seu ministério pela escritura( citou Isaías )? , como fica a citação dos escribas e príncipes de Israel ( respondendo à pergunta que herodes os fez acerca de onde nasceria o Cristo, eles citaram a escritura)?, como fica as citações de Zacarias( pai de João Batista), Cristo e Satanás quem Apelou primeiro para Escritura? Se a doutrina( sendo na verdade lema), vem de quem citou primeiro, então ela é de Cristo pois foi ele quem citou primeiro. Aguardando a resposta de um católico e nada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o pior de tudo é que não foi poucas vezes que eu já vi catoleigos mandarem esse argumento ridículo e fajuto do "Sola Scriptura do diabo" pelo fato do diabo ter usado a Bíblia contra Jesus. Desde que o louco insano do Cris Macabeus (o Sr. Obsceno) começou a usar essa pérola, um monte de retardados mentais começaram a copiar, como se Jesus tivesse refutado a "Sola Scriptura do diabo" com tradição oral romanista, em vez de com mais "Sola Scriptura".

      Deve ser triste ser católico...

      Excluir
  7. Lucas, uma coisa que eu não entendo direito é a separação da lei e do evangelho, e como Lutero e Calvino as separavam ?

    E é verdade que por causa de cada interpretação dessa separação, o calvinismo tende ao legalismo enquanto o luteranismo tende ao antinomismo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é verdade, nem Calvino era legalista nem Lutero era antinomiano. A diferença é que Lutero via a lei mais como algo negativo enquanto Calvino via como algo mais positivo. Mas nenhum dos dois caiu para os dois extremos. Este artigo do Alderi Souza de Matos resume muito bem a relação de Lutero e Calvino sobre a lei:

      http://www.mackenzie.br/6968.html

      Leia e tire suas próprias conclusões.

      Abs!

      Excluir
  8. Lucas, poderia escrever um artigo refutando o determinismo pregado nas igrejas Neopentecostais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o meu livro "O Enigma do Falso Profeta", tem bastante coisa ali sobre isso:

      https://mega.nz/#!2xoEhJqJ!VGMKijw2Nty-buEXpScvH5dEr9YBcIFGLecKxUtcIqo

      Excluir
  9. lucas Deus pode agir no meio da renovaçao carismatica catolica sim ou nao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Deus não age em um ambiente de idolatria.

      Excluir
  10. Ficou apensar quando um católico usa 2Pedro 1:20 para negar o livre exame: nós examinamos a escritura em seu todo ou somente as professias? Pois Posso entender que Pedro está neste texto a mostrar que as professias na escritura não são subjectivas( assim como no alcorão ), e depois ele explica no verso posterior que forma expiradas pelo( o que foi expirado não é a explicação das professias, mas o falar ou citar as palavras proféticas , pois muitos deles nem se quere sabíam o que estavam a falar e quando iria acontecer o que estavam a falar), agora não consigo perceber como é que conseguem ver neste texto uma proibição , até porque o texto em seu contexto é claro, quanto as professias nem mesmo os Apóstolos sem a luz do Espírito Santo as compreendiam, passaram as compreender depois de se cumprir eles viram as professias e entenderam as professias depois de Cristo as cumprir, Paulo começou a entender as professias depois de Cristo o aparecer e selado com o Espírito Santo. Pedro estava a dizer que para entender o 7x70 temos que ter um magistério ? Para entender que devemos também amar em obra e não só de boca temos que ter um magistério ? A exegese deste texto por parte de alguns católicos e mesmo alguns protestantes deixa muito a desejar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre este texto em questão, recomendo a leitura do capítulo 7 do meu livro "Exegese de Textos Difícies da Bíblia", que trata especificamente sobre isso. Você pode baixar o livro aqui:

      https://mega.nz/#!304H3azB!GjQ4EuPcPsPNKeroOV4a3BytwIpGuSEy5MiebaIJ2e8

      Excluir
    2. Não consigo acessar ao livro, manda-me outro link

      Excluir
    3. Tenta um desses dois:

      http://www.mediafire.com/download/aa8fmvvss4cpyi0/Exegese+de+Textos+Difíceis+da+Bíblia.pdf

      http://www.4shared.com/office/ZV-VRCo0ba/Exegese_de_Textos_Difceis_da_B.html

      Excluir
  11. Você crê que o ser humano venha a habitar Marte futuramente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho difícil, pois Marte tem condições bastante desfavoráveis para a vida. Talvez num futuro mais distante.

      Excluir
  12. Vou ver se consigo postar outra vez sem ser atraplahado por este Anonimo intragável que se meteu entre meus comentários e eliminou toda a sequência. Pena que o Lucas nem percebeu e acabou respondendo ao insano fazendo desaparecer meus irrefutáveis argumentos a favor da Sola Scriptura
    .
    Lucas, o médico e evangelista, começa por se referir a escritos não inspirados. Logo depois no mesmo texto ele apela para a tradição oral. E ai vem a bomba: Ele mostra que apenas a Escritura vai permitir que Teófilo possa ficar sabendo com clareza qual é a verdade.
    .
    “TENDO, pois, muitos empreendido pôr em ordem a narração dos fatos que entre nós se cumpriram,
    .
    Segundo nos transmitiram os mesmos que os presenciaram desde o princípio, e foram ministros da palavra,
    .
    Pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelente Teófilo, por sua ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo desde o princípio;
    .
    Para que conheças a certeza das coisas de que já estás informado.”
    .
    Para ter certeza das coisas foi necessário escrever!
    .
    Tradição oral é a paixão dos católicos, eles não vivem sem ela. Tremem as pernas, babam pelo canto da boca e sentem arrepios quando se confrontam com palavras como: Falar, ouvir, passar de boca em boca... Deus me livre se alguém escreve, eles passam mau!
    .
    Com Jesus é diferente
    .
    "Não lestes?" Mateus 12: 3
    .
    "Não lestes na Lei?" Mateus 12: 5
    .
    "Nunca lestes nas Escrituras?" Mateus 21:42
    .
    Observe um texto de Jesus que causa desgosto nos católicos:
    .
    "Vocês estão errando porque não conhecem as Escrituras” (Marcos 12:24)
    .
    Como eu ja disse, católico é apaixonado pelo que dizem. Inclusive na Bíblia tem essa coisa de “ Uns dizem que o Senhor é João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas”, Mateus 16:14.
    .
    Mas nas Escrituras é que se encontra quem ele é: “E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras”, Lucas 24:27
    .
    "... as Escrituras... são elas que dão testemunho de mim” (João 5:39)
    .
    “Como, pois, se cumpririam as Escrituras, que dizem que assim convém que aconteça? (Mateus 26:54)
    .
    A Escritura é quem determina o que deve e como deve acontecer!
    .
    Isso se chama SOLA SCRIPTURA!
    .
    “E de acordo com o costume de Paulo, ele foi até os judeus e por três sábados discutiu com eles as Escrituras” (Atos 17: 2). .. dizem por aí que Paulo era católico e os judeus protestantes!
    .
    “Tinha na Igreja até aqueles quen examinavam as Escrituras todos os dias, Os bereanos” (Atos 17: 11-12). Eles faziam isso para saber se o que Paulo dizia era verdade.
    .
    E Apolo, era católico? "Apolo com grande poder refutava publicamente os judeus, demonstrando pelas Escrituras que Jesus era o Cristo." (Atos 18:28)
    .
    A base para a fé está nas Escrituras: “Ora, àquele que é poderoso para vos confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério que desde tempos eternos esteve oculto,
    .
    Mas que se manifestou agora, e se notificou PELAS ESCRITURAS dos profetas, segundo o mandamento do Deus eterno, a todas as nações PARA OBEDIÊNCIA DA FÉ”, Rom 16:25,26
    .
    SOLA SCRIPTURA!

    ResponderExcluir
  13. Banzoli, esse artigo seu ficou muito bacana e interessante. Se arreagaçar as mangas dá pra escrever umas 200 páginas só com essa ideia. Muito bom!

    ResponderExcluir
  14. Agora veja voce o que os católicos arrumaram com essa aberração chamada tradição oral. Vou inserir aqui uma palavra do meu espetacular e irrefutavel artigo, “Paulo e as tradições do Catolicismo”. Se eles não vão lá ler, eu posto aqui. Aqui eis lê, né?
    .
    É parte de minha resposta ao Rafael Rodrigues
    .
    Palavras de Paulo a Timóteo
    .
    2 Timóteo 1:14, que diz: “…Mantém o padrão das sãs palavras que de mim ouviste com fé e com o amor que está em Cristo Jesus. Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós” e 2 Timóteo 2:2, onde podemos ler: “ E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros”.
    .
    Para eles, as sãs palavras de Paulo passadas a Timóteo deveriam ser guardadas num depósito, é claro, da tradição oral. Além disso, podemos ver no texto que aquilo que foi passado oralmente por Paulo foi feito diante de MUITAS testemunhas, mas o catolicismo afirma com veemência que mesmo assim, apesar de MUITOS terem recebido os tais dogmas, ninguém escreveu, ficou tudo em segredo nas masmorras da tradição oral. Doutrinas como Pedro e seu pontificado em Roma, a posição exaltada de Maria na Igreja, a intercessão dos santos falecidos, penitência, celebrar missa para mortos do purgatório, adorar imagens, infalibilidade dos bispos romanos e outras, estão escondidas dentro das “sãs palavra” de Paulo. Isto é, nem Paulo, e muito menos Timóteo, juntamente com as MUITAS testemunhas somados aos outros que Timóteo deveria ensinar, jamais fizeram qualquer registro deste conteúdo. Acredite, amigo leitor, eles conseguiram, enquanto vivos, guardar tudo somente de forma oral.
    .
    Em outras palavras, as muitas testemunhas, mancomunadas com Paulo e Timóteo, fizeram com que nada fosse escrito e, até mesmo foram proibidos de registrar nas epístolas que a Igreja Primitiva acreditava e vivia o seu culto diário colocando em prática os dogmas católicos romanos.
    .
    Acham absurda minha colocação?
    .
    Vejam bem para onde levaram a conclusão de suas argumentações – a dogmática católica é a unica culpada por isso. Eles responsabilizam os Apóstolos originais de manterem os dogmas apenas de boca em boca, como também os responsabilizam por não fazeram registros dos cristãos envolvidos com tais dogmas. Percebeu prezado leitor? Até a crença prática entre a igreja ficou na tradição oral – a situação é mais grave do que de pode imaginar. As “sãs palavras” foram tão bem escondidas nas masmorras da tradição que ficou impossível encontrar algum registro de cristãos primitivos mandando celebrar missas de sétimo dia para seus falecidos, fazendo intercessão ao São Moisés, venerando imagens, envolvidos com reliquias e vários outros.
    .
    A dogmática católica quer nos convencer que apesar de não haver registros de suas doutrinas – nem na vida da Igreja Primitiva (vide o livro de Atos), elas pelo menos existiam embutidas nestes textos citados. Elas estão escondidas dentro das palavras de Paulo para as muitas testemunhas. Nunca foram registradas.
    .
    Terrível o que eles tentam insinuar. As argumentações do católico, no fervor de defender sua doutrina, acabou mutilando a Bíblia de uma forma tão violenta que só os mais desavisados é que não percebem. Seu discurso demonstra total falta de conhecimento da revelação nas Escrituras Sagradas.

    Continua...

    ResponderExcluir

  15. Uma análise sobre o depósito de Timóteo
    .
    Aqui está o texto completo: “Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus. Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós”, II Tim 1:13,14.
    .
    Eles amam palavras como falar e ouvir – os remete para a tradição oral, não vivem sem ela. Porém, o problema é que tem que tirá-las de cartas escritas, e escritas por um homem que escreveu 14 epístolas. Perceberam os argumentos que nos dão para refutar a contradição? Eles procuram naquilo que está escrito defesa para aquilo que não ficou escrito. Se pudessem eles despareceriam com as Escrituras. Veja as palavras do apologista citadas no início: “… Mais uma vez, mesmo que as Escrituras estivessem à sua disposição, Timóteo iria confiar tanto ou mais no que ele “ouviu” de Paulo”.
    .
    É o fim do mundo!

    ResponderExcluir
  16. O artigo completo encontra-se aqui

    http://agrandecidade.com/2015/08/14/paulo-e-as-tradicoes-do-catolicismo/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom seu artigo, Alon. Deus lhe abençoe!

      Excluir
  17. O que vc acha do Fábio Sabino??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele mesmo se considera um herege e diz que não é cristão. Eu não tenho que comentar mais nada.

      Excluir
  18. Assisti pornografia de novo. :(

    Você está na internet, sozinho em casa. De repente, quando você percebe, já viu, já entrou e já fez. Aí a culpa vem.

    Me ajuda, Lucas :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia esse meu livro:

      http://www.4shared.com/file/DAqgiaEY/Livro_-_Como_Vencer_o_Pecado.html

      Excluir
    2. Lucas preciso de ajuda tambem. Eu comprei uma mercadoria para revender de uma mulher aqui nos eua mas acabei descobrindo que é tudo de terceira. a bijoteria apodreceu toda com menos de um mes e as botas nao valem nada. tudo fabricado em hong kong. ela compra por ninharia e vende caro to no prejuizo. a louca ta doente com hepatite c e eu to com pena de denunciar ela o que faço? a socia dela é outra enrolada que vive em sao paulo e ja lesou mais de cem pessoas com mercadoria lixo. duas patifes enganando os otarios elas nao aceitam devolucão

      Excluir
    3. Se ela está tão doente assim, é melhor perdoar e não denunciar, e não comprar mais dela da próxima vez.

      Excluir
  19. O que você acha de Paul Washer? Ele é calvinista?

    Ser calvinista ou não influencia sua visão sobre alguém?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paul Washer é um dos melhores pregadores do mundo atual. É calvinista, mas isso não influencia negativamente minha visão sobre ele. O cara é fera.

      Excluir
    2. O fato de alguém ser calvinista, influencia negativamente sua visão sobre a teologia dessa pessoa?

      Excluir
  20. Num outro artigo você disse que é trilíngue. Além do português e inglês, qual outro idioma você fala?

    ResponderExcluir
  21. Respostas
    1. Como arminiano, entendo que não.

      Excluir
    2. Como calvinista, entendo que não.

      Excluir
  22. Os inimigos do Terceiro Tiago", da "Idade de João no Exílio, e de "Paulo e as Tradições do Catolicismo", estão umas feras.

    ResponderExcluir
  23. Veja o que o católico Santo Paulo disse:

    “Escrevo-te estas coisas... para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade”, I Tim 3:14-15.

    Bíblia neles!

    ResponderExcluir
  24. Mas se ele dissesse assim:

    “transmito a você oralmente estas coisas... para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade”, I Tim 3:14-15.

    Mas perai... ele escreveu mas não transmitiu o que falou?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  25. Nos tempos do Velho Pacto era assim:

    Deuteronômio 4:2 Não acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do Senhor vosso Deus, que eu vos mando.

    Deuteronômio 12:32 Tudo o que eu te ordeno, observarás para fazer; nada lhe acrescentarás nem diminuirás.

    Nos tempos de Jesus as coisas mudaram, é na base do fale ae que a gente ouve... mas não vale ler o que ta escrito kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Eles vão ser julgados pela tradição oral né?

    "Quem me rejeita e não recebe as minhas palavras, tem quem o julgue; a palavra que eu falei é que o julgará no último dia. João 12:48

    "E vi os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono, e livros foram abertos ; e outro livro foi aberto, que é o livro da vida; e os mortos foram julgados pelas coisas que ESTAVAM ESCRITAS NOS LIVROS, segundo as suas obras", Apocalipse 20:12

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alon essa foi excelente e magistral, meu velho amigo que nunca perdeu o gingado. Abração

      Excluir
  26. Êxodo 24:4 “Moisés escreveu todas as palavras do Senhor...”

    Não precisava Moisés. Podia apenas falar ao povo sem escrever!

    A coisa era tão séria que deveria ser colocado dentro da Arca da Aliança

    Deuteronômio 31:26 Tomai este livro da lei, e ponde-o ao lado da arca da aliança do Senhor vosso Deus, para que ali esteja por testemunha contra ti.

    Ai passou pra Josué. Veja se ficou na tradição oral:

    “Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares, Jo 1:7

    “Assim, naquele dia fez Josué aliança com o povo e lhe pôs por estatuto e direito em Siquém. E Josué escreveu estas palavras no livro da lei de Deus; e tomou uma grande pedra, e a erigiu ali debaixo do carvalho que estava junto ao santuário do Senhor”, Jo 24:25.26.

    Ai vem Daniel e reclama: “E não obedecemos à voz do Senhor, nosso Deus, para andarmos nas suas leis, que nos deu por intermédio de seus servos, os profetas.”

    Aí vem Jesus e alguns escritores do Novo testamento começaram a usar a frase "Está escrito" (Mt 4:.4, 7, 10) mais de 90 vezes. Lembraram tudo que tinha sido escrito, mas aparece essa cambada católica e quer na marra estabelecer o que não está escrito.

    Quando Jesus repreendeu os líderes judeus não era porque eles não seguiram as tradições, mas porque eles não "compreenderam as Escrituras" (Mat. 22:29).

    Raça de cobras!

    ResponderExcluir
  27. Somente as Escrituras:

    “... as sagradas Escrituras... podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus... Toda a Escritura é ... proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça.Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra”, 2 Timoteo 3:15-17.

    Leia quantas vezes for necessário!

    ResponderExcluir
  28. Lucas o que voce acha da crença do santissimo um objeto de metal parecido com um sol onde os catolicos colocam as maos para serem abençoados etc.

    ResponderExcluir
  29. Qual o artigo mais recente você tem sobre o terceiro Tiago?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/08/o-terceiro-tiago-revisto-e-atualizado.html

      Excluir
  30. Tem algo sobre isso também: "Depois que meu artigo sobre uma certa Maria, mãe de Tiago o menor e José, ficar pronto, voce vai entender o que digo." (A. Franco)???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso você tem que perguntar pro Alon, que foi quem disse que iria escrever o artigo (acho que ele não escreveu ainda). Eu tenho um artigo sobre Maria de Clopas que você pode ler aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2015/11/maria-de-clopas-tia-de-jesus.html

      Excluir
  31. Lucas, você provavelmente não tem noção... DO QUÃO EXTRAORDINÁRIO VOCÊ É... DO QUÃO ABENÇOADO VOCÊ É...

    Ass: Bruce Wayne. "Bruce", para os íntimos.

    ResponderExcluir
  32. Excelente site! Parabéns! Tem algum artigo/site seu que fale sobre hipnose e o Brian Weiss? Obrigado!

    Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Infelizmente não tenho nenhum artigo que trata sobre hipnose, porque este blog é focado em temas relacionados ao catolicismo romano. Abs!

      Excluir
  33. Agora veja essa, meu amigão Banzoli rsrsrs; os católicos ainda insistem que em 2 Timóteo 3:15-17 não existe a palavra suficiente com relação as Escrituras. Se ela capacita o homem e o faz COMPLETO para a obra de Deus – vide: “Para que o homem de Deus SEJA PERFEITO, e PERFEITAMENTE INSTRUIDO PARA TODA BOA OBRA”, então ela é suficiente!

    Nunca vi nada que possa transformar alguém em perfeito e perfeitamente instruído para TODA boa obra, não ser suficiente!

    ResponderExcluir
  34. Onde já se viu a Escritura fazer com que “ o homem de Deus seja PERFEITO E PLENAMENTE preparado para TODA boa obra”, e ainda assim não ser suficiente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem observado, Alon. Aproveito para recomendar este meu artigo onde eu desenvolvo sobre o mesmo tema:

      http://apologiacrista.com/a-sola-scriptura-p3

      Excluir
    2. Li! Excelente!

      Veja mais esse detalhe, e veja se não dá sola scriptura:

      “... as Sagradas Letras são capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus”

      Se reparar bem é exatamente o que os católicos tanto exigem, mas não aceitam E o mais incrível: é um versículo bíblico!

      Excluir
  35. Vamos à Sola Scriptura: Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue”, Atos 20:28. Lucas, pra você Jesus deixou de ser Deus enquanto esteve na terra, perdendo, assim, os atributos da onipotência, etc. Deus não pode ter sangue, é óbvio, mas porque Jesus tendo sangue e sendo Deus, podemos dizer que Deus teve sangue. E, pelo jeito, você não pode dizer o mesmo. Correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tentativa, seria uma pena se o original grego trouxesse "kurios" (=senhor) e não "theos" (=Deus):

      http://www.sacrednamebible.com/kjvstrongs/index2.htm

      :(

      Excluir
    2. Fica frio, na próxima você consegue =)

      Excluir
  36. Acho que "Θεοῦ" em Atos 20:28 é literalmente Deus, e é o que está no original. Não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles mudaram a tradução. De qualquer forma, o Códice Sinaítico continua dizendo senhor e não Deus:

      http://www.codex-sinaiticus.net/en/manuscript.aspx?book=51&chapter=20&lid=en&side=r&verse=28&zoomSlider=0

      E mesmo se levar em consideração a tradução do Receptus, no mesmo Receptus a parte final diz:

      ην περιεποιησατο δια του ιδιου αιματος

      Que literalmente é:

      "Pelo sangue DE seu próprio"

      Se o autor estivesse falando do mesmo sujeito não escreveria "pelo sangue DE seu próprio", mas sim "pelo seu próprio", ou "de si mesmo", mas não "de seu próprio". Daí algumas versões como a própria Bíblia de Jerusalém (a favorita dos católicos) verterem por: "pelo sangue de seu próprio filho", considerando que o autor estava falando de Jesus.

      Ou seja, se você aceita o Texto Sinaítico vai ter que admitir que se trata de "senhor" e não de "Deus", e se aceita o Texto Receptus vai ter que admitir que o texto estava falando do sangue do próprio Filho, e não do sangue do próprio Deus, ainda mais quando Deus é espírito puro e não sangra.

      Próxima...

      Excluir
    2. Perfeito, Banzoli. Nota 1000 pra você!

      Excluir
  37. Agora vem o argumento: ninguém está dizendo que o texto fala do Pai. É ÓBVIO que refere-se ao FILHO, mesmo quando os originais dizem DEUS. Assim, Jesus é chamado de Deus quando a referência foi feita ao Seu sangue. Mas, segundo VOCÊ, Lucas, Jesus deixou de ser Deus na terra, e então não é possível que você afirme, com a Bíblia, que Deus Filho teve sangue, mas que o Jesus Homem teve sangue. Quero ver você lidar agora com o original bíblico, mais de perto, mais do que você fez acima, e responder a esse argumento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você sofre de alguma incapacidade de leitura?

      Eu vou repetir: se você quer usar o Textus Receptus (que você nem sabe o que é, mas esqueça) para dizer que o texto está falando de Deus, terá que admitir a continuação que diz que ele [Deus] resgatou a igreja com o próprio sangue de SEU FILHO, ou seja, não com o seu próprio sangue. O texto nem de longe está dizendo que "Deus sangra". Tem que ser um lunático para crer assim.

      Excluir
    2. Anônimo, a tradução correta é, "Pelo sangue do seu próprio", que significa: Seu próprio Filho. Isso é para descomplicar de vez!

      Isso faz um paralelo exato com João 1:11. Observe João 1:11 no Grego Koiné: "εἰς τὰ ἴδια ἦλθεν καὶ οἱ ἴδιοι αὐτὸν οὐ παρέλαβον"

      Tradução: "Para os seus veio e os seus próprios não acolheram-no"

      Quem são os seus aqui? Evidente que são os judeus.

      O mesmo pode ser observado em João 13:1. Veja: “ORA, antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim.”

      Em Atos 4:23: “E, soltos eles, foram para os seus, e contaram tudo o que lhes disseram os principais dos sacerdotes e os anciãos.”

      Agora 24:23 também. “E mandou ao centurião que o guardasse em prisão, tratando-o com brandura, e que a ninguém dos seus proibisse servi-lo ou vir ter com ele.”

      O adjetivo "ιδιος" aparece sem um substantivo que o acompanhe, mas é sem dúvida compreendido pelo contexto.


      Excluir
    3. A Bíblia está cheia de versículos adulterados, e a maioria deles diz respeito e favorece a divindade de Jesus, sua preexistência e sua posição como terceira pessoa da trindade, o que é muito suspeito.

      Só para lhe dar mais um exemplo. Veja aqui para um versículo que é muito usado para defender a preexistência de Jesus: "E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, DE TI ME SAIRÁ o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos", Mq 5:2.

      Você já viu algum ser humano ter vivido antes de nascer? A origem do Senhor Jesus está na eternidade ou em Belém?

      O que tem aqui neste contexto relacionado ao Messias, a conotação de” (saídas) ou (gerações), referem-se a antiga linhagem de Davi, preservada nas velhas genealogias (Rute 4)”.

      Este significado indica que Miquéias está se referindo às garantias do pacto através da linhagem de Davi, que duraria para sempre, interpretado agora como antigas previsões de um Messias davídico para o tempo do fim – Lucas 1:32; 2 Sm 7 onde diz, “Serei seu pai, e ele será meu filho“.

      Miquéias pode estar fazendo alusão ao Messias passando pelas raízes de Davi, lembrando assim da pequena cidade de Belém-Efrata, de onde vem o clã da antiga dinastia davídica, enfatizando a expressão que aponta para o Senhor Jesus, (cuja origem é de tempos antigos, ou, desde os tempos antigos).

      Assim, segundo a NTLH, a palavra “origens” em Miquéias 5:2 refere-se a sua (do Messias) descida da antiga família de Davi e não que ele era preexistente desde os tempos eternos:

      “O SENHOR Deus diz: – Belém-Efrata, você é uma das menores cidades de Judá, mas do seu meio farei sair aquele que será o rei de Israel. Ele será descendente de uma família que começou em tempos antigos, num passado muito distante”.

      A NVI reforça ainda mais quando atesta: “Mas tu, Belém-Efrata, embora pequena entre os clãs de Judá, de ti virá para mim aquele que será o governante sobre Israel. Suas origens estão no passado distante, em tempos antigos”.

      Na sequência apresentada pelas duas versões podemos captar o verdadeiro sentido aqui em “cuja origem é de longo tempo”. Miquéias 5:2 refere-se a linha de descendência de Jesus, que, para os leitores judeus de Mateus, capítulo um, remonta a Abraão – O Messias é descrito como o filho de Davi, a descendência de Abraão, mas também como a semente da mulher (Gn 3:15). Portanto, as “saídas antigas” ou” origem num passado distante” do Messias como “a semente da mulher” se refere à sua descendência linear através de Abraão e Davi. Além disso, deve-se aqui incluir as profecias sobre o Messias como vindo através da tribo de Judá (Gênesis 49:10), e ele ser um israelita (Números 24:17-19).

      É evidente que quando Miquéias 5: 2 diz do Messias: “Ó Belém…, de ti sairá [o Messias]”, só pode significar que, na sua existência unica e terrena, ele se originou em Belém. Nada aqui indica uma pessoa pré-existente.

      Está aí apenas um exemplo de versículos mal interpretados. Eu não estou só nessa. Muitos já assumiram sua descrença sobre tais assuntos, inclusive alguns escritores de renome. Vou lhe dar apenas um exemplo, o do expositor metodista Adam Clark sobre a preexistência de Jesus. Eis suas palavras: “A doutrina da filiação eterna de Cristo, é na minha opinião, anti-escritural e altamente perigosa. Eu não tenho sido capaz de encontrar qualquer declaração expressa disto nas Escrituras” (Comentário de Lucas 1: 35).

      Coloca na sua cabeça de uma vez por todas: Muitíssimos versículos sobre a divindade de Jesus foram adulterados pelo catolicismo romano, e os evangélicos foram atrás.

      Vai lá no meu site – ainda não concluído – que já tem muita coisa boa pronta.

      https://nascidodemulher.wordpress.com

      Excluir
  38. Você acredita que estamos próximos de uma terceira guerra mundial?

    ResponderExcluir
  39. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  40. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  41. Cadê o Espírito Santo?

    "O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo. 1 João 1:3

    ResponderExcluir
  42. Anônimo, já que não liberaram ainda seu comentário, eu vou fazer umas alterações aqui nesses dois tópicos.

    Veja João 1:1: “NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.

    Os versos seguintes passam para joão Batista; saiu de Gênesis, passou pelo nascimento de Jesus até sua idade adulta e foi parar em João Batista, não é?

    Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.
    Normalmente se interpreta que esse princípio é uma referência a Gênesis 1. Se no princípio era a Palavra (Jesus), logo, ele é Deus e preexistente; não é isso que pregam?

    E se esse princípio estiver fazendo alusão ao ministério de Jesus?

    Veja Marcos 1

    PRINCÍPIO do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus;

    Os versos seguintes passam para João Batista.

    "Como está escrito nos profetas: Eis que eu envio o meu anjo ante a tua face, o qual preparará o teu caminho diante de ti. Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas. Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados."

    Agora veja 1 João 1:1-3, que parece uma réplica de João 1:1-3

    O QUE era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida. (Porque a vida foi manifestada, e nós a vimos, e testificamos dela, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai, e nos foi manifestada). O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo.

    Veja Lucas 1:1-3

    TENDO, pois, muitos empreendido pôr em ordem a narração dos fatos que entre nós se cumpriram, segundo nos transmitiram os mesmos que os presenciaram desde o PRINCÍPIO, e foram ministros da PALAVRA, Pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelente Teófilo, por sua ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo desde o PRINCÍPIO.

    Outra vez Lucas

    “FIZ o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus COMEÇOU, não só a fazer, mas a ensinar, Até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera”, Atos 1:1,2

    Continua...

    ResponderExcluir
  43. Esse princípio de João 1:1 não faz alusão ao princípio em Gênesis 1, mas o princípio do ministério de Jesus.

    Agora deixa eu te escandalizar mais um pouquinho. Vou para Hebreus 1:1-2

    “Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho, que constituiu herdeiro universal, pelo qual criou todas as coisas.”

    Criou o que, todas coisas em Gênesis 1? Não!

    A palavra que é traduzida como “mundo” é a palavra grega aion. Significa as idades, como no presente século mau, e a era messiânica por vir.. Essa palavra tem sido traduzida como eterno, mundo e universo. Quando esta palavra é traduzida como “eterno”, tais como “você terá a vida eterna”, deve significar que “você terá a vida na idade por vir”.

    Hebreus 1:2 está falando do mundo (idade) por vir, a Nova Terra e Novos céus. Veja meu artigo “tudo foi criado por ele”

    (https://nascidodemulher.wordpress.com/2013/09/22/tudo-foi-criado-por-ele.

    Vais apreender o que significa a criação em Colossenses e descobrira quanto engano foi adicionado a nossa fé durante muitos séculos com essa interpretação medonha de que os termos usados em vários contextos se referem a criação em Gênesis.

    A ordem das novas coisas foram criadas através de Jesus. Observe que a idade por vir foi criada por meio dele (sua morte e ressurreição). É sobre essa nova criação que o escritor aos Hebreus fala, o que ele confirma em 2:5:

    “Não foi tampouco aos anjos que Deus submeteu o mundo vindouro, sobre o qual estamos falando.”

    Ele não está falando da criação em Gênesis!



    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links), control c + control v e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.