29 de agosto de 2015

Mais uma prova da unidade católica

(Sim, isso é uma igreja católica, e não me peça explicações)

É simples:

Abaixe todo o volume do seu computador.

Acesse este link de um site católico:


Sem mais.

P.S: Se alguém se esquecer do ponto 1, eu não me responsabilizo pelos danos sofridos.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (www.lucasbanzoli.com)


-Meus livros:

- Veja uma lista completa de livros meus clicando aqui.

- Acesse o meu canal no YouTube clicando aqui.


-Não deixe de acessar meus outros sites:

LucasBanzoli.Com (Um compêndio de todos os meus artigos já escritos)
Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
O Cristianismo em Foco (Artigos devocionais e estudos bíblicos)
Desvendando a Lenda (Refutando a imortalidade da alma)
Ateísmo Refutado (Evidências da existência de Deus e veracidade da Bíblia)
Estudando Escatologia (Estudos sobre o Apocalipse)
Fim da Fraude (Refutando as mentiras dos apologistas católicos)

6 comentários:

  1. Eae Lucas tem um canal no youtube chamado SaindoDaMatrix77 em seu penultimo video ele mostra que em setembro algo pode abalar o mundo inter ele mostra tbm interpretações Biblicas que apoiam a sua ideia o video realmente me deixou intrigado da uma olhada la e diz o que vc achou. Que Deus lhe Abençõe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a paz. Eu vi o vídeo inteiro, e embora tenha gostado do visual do mesmo (achei bem bacana, ficou algo bem profissional), não concordo com quase nada daquilo que foi argumentado, principalmente biblicamente.

      Em primeiro lugar, uma geração em termos bíblicos tem 40 anos, e não 70, como eles disseram (veja Hb.10:3; Nm.32:13). O interessante é que ESSA MESMA tese foi pregada por algumas seitas que diziam que Jesus iria voltar até 1988 (1948 + 40 = 1988), e Jesus não voltou até 1988. Então agora eles jogam para 70, e lançam para até 2018. Mas se não deu certo com 1988 (40 anos, que é uma geração em sentido bíblico), muito menos daria certo com 2018.

      O argumento todo está sustentado sob uma premissa falsa, de que Jesus supostamente disse que voltaria dentro do período de uma geração contando a partir do momento em que Israel voltasse a existir como nação. Mas Jesus NUNCA disse isso. A "geração" de Mateus 24:34 é a raça de Israel que não passaria, ou em última hipótese a geração que verá a volta de Jesus (independentemente de qual), mas não a que nasceu a partir do momento da criação do Estado de Israel em 1948. O argumento da figueira é inválido. A figueira daquele texto NÃO ERA ISRAEL. O que Jesus estava dizendo é isso:

      “Aprendam a lição da figueira: quando seus ramos se renovam e suas folhas começam a brotar, vocês sabem que o verão está próximo. Assim também, quando virem todas estas coisas, saibam que ele está próximo, às portas” (Mateus 24:32-33)

      Veja que Jesus não usou o caso da figueira como uma analogia no sentido de que “quando Israel voltar a existir como Estado, eu estou voltando”, mas sim que quando os discípulos vissem todas aquelas coisas que ele descreveu em Mateus 24 (inclusive a ascensão do anticristo, que ainda não chegou), aí sim é que ele estaria próximo. Basta ler o capítulo todo de Mateus 24 para perceber isso. Não tem nada de 1948 aqui!

      (...)

      Excluir
    2. Quando Paulo viu que os tessalonicenses estavam desesperados, pensando que Jesus já tivesse voltado, ele os tranquilizou mostrando os eventos que devem acontecer antes dessa vinda do Senhor:

      “Irmãos, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reencontro com ele, rogamos a vocês que não se deixem abalar nem alarmar tão facilmente, quer por profecia, quer por palavra, quer por carta supostamente vinda de nós, como se o dia do Senhor já tivesse chegado. Não deixem que ninguém os engane de modo algum. Antes daquele dia virá a apostasia e, então, será revelado o homem do pecado, o filho da perdição. Este se opõe e se exalta acima de tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração, a ponto de se assentar no santuário de Deus, proclamando que ele mesmo é Deus. Não se lembram de que quando eu ainda estava com vocês costumava lhes falar essas coisas? E agora vocês sabem o que o está detendo, para que ele seja revelado no seu devido tempo. A verdade é que o mistério da iniqüidade já está em ação, restando apenas que seja afastado aquele que agora o detém. Então será revelado o perverso, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e destruirá pela manifestação de sua vinda” (2 Tessalonicenses 2:1-8)

      Por que Paulo não incluiu entre os eventos a “restauração do Estado de Israel”? Porque a restauração de Israel não tem nada a ver com a volta de Jesus. Mas se tivesse, bastaria que Paulo lhes tranqüilizasse dizendo-lhes que “antes da vinda do Senhor Jesus Cristo o Estado de Israel precisa ser restaurado, e dali em diante passar uma geração”.

      Ele também errou feio nos cálculos, dizendo que estamos agora no ano 5998 desde a criação. Isso é falso. Se considerarmos o Gênesis literalmente, estamos já no ano 6060, e não no ano 5998!

      Sobre os vídeos dos filmes, me desculpe, mas qualquer um pode encontrar qualquer data nestes filmes. Datas e números aparecem em TODOS os filmes de Hollywood, e todos os anos centenas ou milhares de filmes são feitos, então é óbvio que devemos encontrar referências deste tipo, não tem nada de anormal ou de mensagem subliminar aí, mas apenas um cara viciado em filmes e em teorias da conspiração.

      Em resumo: antes de Jesus voltar, é necessário que o templo de Jerusalém seja reconstruído, que exista um líder mundial, que este líder mundial se assente no trono deste templo e se declare deus, e comece a perseguir os cristãos e judeus. Só depois disso é que Jesus irá voltar. Antes disso, devemos estar prontos, vigiando, mas não desesperados, como os tessalonicenses estavam (aos quais Paulo escreveu).

      Grande abraço.

      Excluir
    3. Obg por me responder,Outra coisas Lucas vc pode mas ajudar a responder perguntas que ultimamente tem pertubado muito minha cabeça essas são 1:As linguas estranhas De Igrejas Neo-Pentecostais são de Deus do diabo ou simplesmente Probpemas Metais 2:Essas "Revelações" que muitas pessoas recebem principalmente de Pessoas Neo-pentecostais sobre coisas como:Idas ao ceu e ao Inferno,Vestes de crente,Televisão,Musicas ditas seculares,catastrofes e etc... 3:a profeta fundadora Da Igreja Adventista e verdadeira profetas,plagio ,recebia visões do Diabo4:esse profeta que segundo relatos tem curado mts pessoas 4:o "David Ouwor e un falso ou verdadeiro profeta 5:e verdade que a Biblia proibe a Bateria na musica sagrada isso e dito por mts Adventistas 6:e verdade que gardaremos o Sabado no ceu como e dito em Isaías:66 22-23 7:ultima pergunta e ainda podem surgir novos profetas ou pessoas tendo visões. Lucas lhe estou obringando apendas estou pedindo para responder essas perguntas eu ficarei mt grato,Que Deus lhe Abençõe

      Excluir
    4. Olá. São muitas questões, mas aqui vai uma resposta resumida a cada uma delas:

      1) As línguas estranhas não são praticadas somente pelos neopentecostais. Os pentecostais também falam em línguas e eu inclusive conheço muitos tradicionais que também falam. Sobre este dom, eu escrevi aqui:

      http://apologiacrista.com/o-dom-de-linguas-uma-analise-de-1-corintios-14

      2) Não creio que Deus precise revelar mais nada de doutrinário para a Igreja. Essas visões do céu ou do inferno são embustes, ou alucinações, ou visões satânicas na mente da pessoa. Nada de extrabíblico pode contrariar a Palavra de Deus. Ademais, todas essas “visões” que eu já li são extremamente contraditórias e terrivelmente antibíblicas. As visões do inferno, por exemplo, ao invés de mostrar “espíritos”, mostra sempre seres humanos de carne e osso, inclusive sangrando e com as roupas do corpo! Tem que ser muito estúpido para cair numa dessas.

      3) Sobre as vestes, o cristão tem que se vestir com moderação, mas não de forma legalista ou extremista. Discordo completamente das igrejas que proíbem aquilo que a Bíblia não proíbe. Tais igrejas legalistas colocam o crente enclausurado dentro de uma prisão, e é por isso que muita gente que viveu sob essa jaula chuta o balde mais tarde e vai direto para o mundão, porque eles querem matar a carne do jeito errado. Calça não é proibida, tatuagem não é proibida, cabelo comprido não é proibido, televisão não é proibida, música secular não é proibida, isso tudo são legalismos criados pelo homem, aos quais Paulo já combatia em sua época:

      “Já que vocês morreram com Cristo para os princípios elementares deste mundo, por que é que vocês, então, como se ainda pertencessem a ele, se submetem a regras: ‘Não manuseie!’ ‘Não prove!’ ‘Não toque!’? Todas essas coisas estão destinadas a perecer pelo uso, pois se baseiam em mandamentos e ensinos humanos. Essas regras têm, de fato, aparência de sabedoria, com sua pretensa religiosidade, falsa humildade e severidade com o corpo, mas não têm valor algum para refrear os impulsos da carne” (Colossenses 2:20-23)

      É uma grande pena que você tenha perguntado isso agora, porque dentro de poucos dias eu irei escrever um capítulo de meu novo livro que trata exatamente sobre estas questões, e se já tivesse pronto eu te mandaria um link. Como ainda não está, eu posso lhe recomendar este excepcional artigo do Maurício Zágari sobre tatuagens:

      https://apenas1.wordpress.com/2012/05/20/cristao-deve-fazer-tatuagem/

      Esse outro artigo onde ele fala sobre ouvir música “do mundo”:

      https://apenas1.wordpress.com/2011/09/26/cristao-deve-ouvir-musica-do-mundo/

      E esse artigo onde eu falo bem brevemente sobre algumas formas de legalismo no meio cristão:

      http://ateismorefutado.blogspot.com.br/2015/04/por-que-existem-ateus.html

      Acompanhe o meu outro blog, onde eu estou postando diariamente artigos novos, sobre questões como essas, extraídas de meu livro em construção:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com.br

      4) Sobre “catástrofes”, creio que você se refere à existência do mal no mundo. Eu tenho este artigo sobre isso:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com.br/2014/07/como-explicar-o-mal.html

      Excluir
    5. 5) Sinceramente, não li quase nada sobre Elen White para tomar uma conclusão a respeito. Está cheio de gente na internet isolando textos para tentar caluniá-la, mas isso até os ateus fazem com a Bíblia, é normal. Primeiro eu vou ler os escritos dela, e só depois vou formar minha própria opinião a respeito. No momento, tudo o que eu posso dizer é que não considero os escritos dela inspirados ou normativos, mas também não considero este monstro do inferno que os anti-adventistas pintam. Elen White é mais uma teóloga (importante, sem dúvida) dentre tantos outros milhares que este mundo já viu, e, assim como todos os outros, ela também tinha seus erros e acertos, seus defeitos e qualidades.

      6) Não conheço David Ouwor.

      7) A Bíblia não proíbe a bateria, e nem teria como proibir, já que nem existia isso naquela época. Ou que me mostrem o versículo que proíbe isso.

      8) O texto de Isaías citado por você não fala somente do sábado, fala também da lua nova, a qual ninguém observa. Portanto, se fôssemos literalizar o texto, teríamos que guardar não apenas o sábado, mas a observar as luas novas também. Eu entendo o verso como uma descrição simbólica da nova terra, tanto é que fala de morte no estado eterno (Is.65:20), o que sabemos que não ocorrerá de fato, pois quem viverá, viverá eternamente.

      9) Profetas existem, mas a Escritura deve ser sempre a palavra final e autoritativa. Ou seja, se um profeta diz algo que vai contra a Bíblia (por exemplo, dizendo que “foi ao inferno e voltou”), ele deve ser ignorado, ou até excluído da comunidade. Por outro lado, se o que ele tem a oferecer é algo bíblico, ou uma exortação pessoal a alguém, não vejo problemas com isso, mas sempre tem que considerar tudo isso à luz do que Paulo alertou:

      “Não tratem com desprezo as profecias, mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom” (1ª Tessalonicenses 5:20-21)

      Grande abraço!

      Excluir

Seu comentário será publicado após passar pela moderação. Ofensas, deboches, divulgação de páginas católicas (links), control c + control v e manifestações de fanatismo não serão aceitos. Todos os tipos de perguntas educadas são bem-vindas e serão respondidas cordialmente. Caso o seu comentário ainda não tenha sido liberado dentro de 24h, é possível que ele não tenha chegado à moderação, e neste caso reenvie o comment.